COEFICIENTE DE ATRITO (CoF)


O conhecimento desta propriedade nos Filmes Flexíveis é de grande importância na sua utilização em embalagens flexíveis e, na prática, serve para avaliar a propriedade de atrito; isto é, a dificuldade relativa do deslizamento entre duas superfícies que podem ser ambas plásticas ou uma plástica e outra metálica.

Esta propriedade é avaliada pela determinação do Coeficiente de Atrito ou CoF, que é a relação entre a força de atrito e a força perpendicular que atua entre as duas superfícies de contato, normalmente a força da gravidade. O atrito pode ser:

Estático - É a resistência oposta ao início do movimento relativo entre duas superfícies;

Dinâmico - É a resistência oposta à continuidade de um movimento relativo entre duas superfícies.

A determinação do CoF é muito útil na avaliação, controle de qualidade e especificação de estruturas para embalagens e rotulagem. Porém, antes de fixarmos o valor de CoF desejado, há a necessidade de estabelecer a correlação desse parâmetro com o desempenho real do material em máquina e/ou no empilhamento.

Para a situação de empilhamento de embalagens devemos considerar o CoF estático e para o desempenho em máquina consideramos o CoF Dinâmico. A reprodutibilidade do ensaio para determinação do CoF depende de fatores que influenciam essa propriedade, além é claro do respeito a metodologia aplicada e suas condições para realização da análise.

Alguns dos fatores que influenciam esta propriedade são:

• Lisura ou rugosidade das superfícies;

• Afinidade entre as superfícies;

• Composição do material plástico (deslizantes, anti-blocking, pigmentos).

 

Carga estática:

• Tratamentos Superficiais (corona, chama, plasma, químico);

• Condições de armazenagem (temperatura e umidade relativa do ar);

• Processo de fabricação do filme.

 

A presença de aditivos deslizantes diminui o atrito e estes podem ser:

Migratórios Adicionados, em geral, no núcleo do filme e com o passar o tempo migram para a superfície.

Não migratórios Adicionados diretamente na superfície do filme.

 

A determinação do CoF é descrito pela Norma ASTM D 1894, que apresenta um sistema mais preciso que o método do plano inclinado. Esta norma recomenda a utilização de um bloco metálico de peso conhecido (200 ± 5g) e o condicionamento dos corpos de prova por no mínimo 40 h à temperatura de 23 ± 2ºC e umidade relativa de 50 ± 5% antes da realização dos testes.

Os valores são padronizados entre 0,00 (maior deslizamento) e 1,00 (menor deslizamento) e trata-se de um índice; ou seja, número adimensional. É importante lembrar que durante o tempo de acondicionamento o aditivo deslizante migra para a superfície dos corpos de prova, favorecendo que o ensaio seja realizado numa situação de equilíbrio. Clique aqui para baixar em PDF